• O Amor mora aqui!

    AMAR A DEUS SIGNIFICA AMAR UNS AOS OUTROS #105 – Plácido



    Toda a lei se resume num só mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo". Gálatas 5:14

    Jesus disse em Mateus 22:37-40 que a lei e a profecia se resumem a dois grandes mandamentos: amar a Deus de todo o coração e ao próximo como a si mesmo. Então por que o apóstolo Paulo diz que a lei se resume em apenas um mandamento (amar o próximo)? A bíblia não contém contradições, a razão dessa afirmação está em I João 4:20, onde a palavra de Deus nos ensina que é impossível amar a Deus sem amar o próximo.

    1 – QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DE UM AVIVAMENTO VERDADEIRO?
    1.1 – Explosão do fluir do poder de Deus:
    1.2 – Crescimento da igreja:
    1.3 – Transformação sobrenatural da sociedade:

    2 – MAS O QUE PRODUZ O VERDADEIRO AVIVAMENTO?
    O avivamento é sempre um ato de soberania de Deus, que o envia aonde quer! Mas precisamos entender que:
    2.1 – Não há avivamento sem INTIMIDADE COM DEUS! A intimidade com Deus é alcançada por meio da oração e da leitura de Sua palavra!
    2.2 – Não há intimidade com Deus sem INTIMIDADE COM AS PESSOAS! A intimidade com as pessoas é alcançada por meio do amor e do perdão. Sem isso, minha adoração não será aceita (Mateus 5:23,24), meus pecados não serão perdoados (Mateus 6:14,15) e até mesmo minhas orações serão interrompidas (I Pedro 3:7). Este último texto refere-se à família, mas o princípio para a igreja, que é a família de Deus (Efésios 2:19) é o mesmo
    2.3 – Uma vida de UNIDADE EM AMOR ATRAI O AVIVAMENTO. AS BRIGAS E DIVISÕES O AFASTAM DE NÓS! João 17.20-23 e João 13.34-35.

    3 – ALGUNS PASSOS VITAIS NA BUSCA DA UNIDADE
    3.1 – A QUESTÃO NÃO É VOCÊ – faça tudo por Deus e para a glória de Deus. “Porque dele, por ele e para ele são todas as coisas.” (Romanos 11:36). Não é pecado querer ser abençoado. Deus tem prazer em nos abençoar quando obedecemos. Mas o foco do Reino de Deus não é a minha ou a sua felicidade e nem resolver os meus ou os seus problemas. O principal é a glória de DEUS. E é impossível glorificar a Deus quando você se recusa a viver em unidade com seus irmãos

    3.2 – ENTENDA QUE VALE A PENA TRATAR SEUS RELACIONAMENTOS – Muitos crentes pensam que não vale a pena tratar relacionamentos, porque algumas pessoas são muito difíceis. Como Pedro, pensam que perdoar uma pessoa no máximo umas sete vezes está de bom tamanho (Mateus 18:21). Recusar-se a amar e a perdoar é pecado. Deus nos ama a ponto de permitir que nos aproximemos dele do jeito que estivermos, pois nos deu vida quando estávamos mortos em nossos delitos e pecados (Efésios 2:1). Mas o fato de Deus amar o pecador, não significa que Ele permite que vivamos do jeito que quisermos. Deus não tem prazer na morte do pecador, mas deseja que cada um de nós se converta do seu mau caminho (Ezequiel 33:11). É exatamente por nos amar tanto que Deus quer transformar a nossa vida e nos libertar dos pecados, especialmente aqueles que impedem que vivamos uma unidade em amor. Não são os conflitos que nos afastam de Deus, são os pecados que cometemos quando os conflitos surgem. Todo pecado afronta a santidade de Deus, mas os pecados que ferem a unidade da igreja de Cristo (ódio, falta de perdão, fofoca, murmuração, criação de facções, falta de submissão) produzem consequências muito sérias, pois impedem o avivamento. É por isso que não podemos ser condescendentes (fazer de conta que não estamos vendo) com esse tipo de pecado. Quem age de forma a prejudicar a unidade do corpo de Cristo deve ser disciplinado, ouvindo a verdade em amor (Efésios 4:15).


    3.3 – À MEDIDA QUE DEUS REVELAR ÁREAS QUE PRECISAM DE MUDANÇA EM SEUS RELACIONAMENTOS, TOME ATITUDES CONCRETAS E APROPRIE-SE DA VITÓRIA EM CRISTO – É de vital importância tanto confessar quanto abandonar o pecado. É crucial não só despir-se do pecado mas também revestir-se de Cristo (Colossenses 3:8-10). Não protele o agir de Deus nem se arrependa parcialmente, pois a bíblia avisa que o abuso da Sua Graça trará juízo sobre você (Hebreus 10:26-31). O amor e o perdão não são sentimentos. São escolhas que devemos fazer. Se Deus nos ordenou (não apenas sugeriu) amar uns aos outros (João 13:34) e perdoar uns aos outros (Efésios 4:32), Ele vai nos capacitar para fazê-lo, pois é Ele quem opera em nós tanto o querer como o efetuar

    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ...

    AGENDA PIBPBA

    TADEL NAS CASAS
    Terça-feira | 19h

    CÉLULAS
    Quarta e Sábado

    AVIVA
    Sábado | 19h30

    CULTO DE CELEBRAÇÃO
    Domingo | 9h, 17h e 19h

    ...

    #PIBPBA

    WhatsApp (67) 9992-8000
    Fixo: (67) 3668-3036

    Rua Wladislau Garcia Gomes, 1390, Centro,
    79500-000, Paranaíba/MS.

    primeiraigrejab@gmail.com

    ...

    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *