• O amor mora aqui!

    ABENÇOANDO OS PAIS NA VELHICE - É benção ser família


     



    CAIXA DE BÊNÇÃO


                O passo prático é escrever uma bênção para o seu pai e/ou a sua mãe que ainda esteja vivo e encontrar um momento especial para transmitir essa bênção a eles. Isso ajudará a estabelecer uma cultura de bênção na sua família.

                Há grande poder em uma declaração pública. No capítulo 8, escrevi sobre o poder de uma cerimônia pública e sobre a bênção do pai voltada a liberar o rapaz e a moça para a vida adulta. Assim como nós perdemos o valor da cerimônia em nossa cultura moderna, considero que também perdemos o valor da declaração pública. Uma declaração pública não afeta apenas o indivíduo a quem é direcionada, ela também libera autoridade no reino espiritual. Uma declaração pública cristã feita por alguém com autoridade legítima libera o Espírito Santo e as hostes celestiais para que cumpram o que foi proclamado. Por outro lado, se inspirada por Satanás, ela libera
    forças demoníacas para realizar o que foi proclamado.

                Na cerimônia de casamento, ocorre uma declaração pública de que duas pessoas formalmente solteiras agora passam a ser marido e mulher. Então, é emitido um certificado ao casal, evidenciando a declaração de casamento. Isso sela algo emocional e espiritual no coração do casal e no mundo espiritual e cria um registro público de
    documentação da aliança que foi feita.

                Quando a escravatura foi abolida nos Estados Unidos, em janeiro de 1863, o presidente Abraham Lincoln não disse apenas: "Todos os escravos agora estão livres". Ele produziu um documento especial chamado Proclamação da Emancipação e postou-o publicamente porque sabia que o poder de uma proclamação pública anulava a autoridade demoníaca, estabelecia o propósito do Reino de Deus e transmitia visão ao coração das pessoas.

                Com essa compreensão, quero encorajá-lo enfaticamente a reservar um tempo para redigir uma carta especial de bênção para seu pai e/ou sua mãe que ainda está vivo. Então, planeje um momento especial, significativo, para ler e apresentar essa carta publicamente a eles. O autor Dennis Rainey chamou essa bênção escrita para os
    pais de tributo. Acho que essa palavra é bastante apropriada. Talvez queira que seus filhos estejam presentes quando apresentar seu tributo. Isso demonstrará a eles o valor de honrar os pais e mostrar respeito pelas pessoas idosas. Também ajudará a criar uma cultura familiar de bênção para a próxima geração.


    COMO ESCREVER UM TRIBUTO A SEUS PAIS


                Em seu excelente livro The Tribute [O tributo
    ], Dennis Rainey explica em detalhes como escrever um tributo. Não serei tão apurado como ele, mas vou esboçar sete princípios simples para escrever uma bênção para os pais.


                1. Faça uma lista de tudo o que seus pais fizeram corretamente. Muitas vezes, na velhice, os pais não se lembram de diversas coisas que fizeram corretamente. Talvez somente se lembrem de seus pecados, falhas e erros. Aproveite a oportunidade para lembrá-los das coisas boas que foram bem feitas.


                2. Faça uma lista de tudo o que você admira em seus pais. Escreva algumas palavras para agradecer a eles por esses atos ou atributos.

     

    3. Faça uma lista das qualidades de caráter cristão que você observou. Se seus pais não eram cristãos e você está lutando para achar qualidades piedosas, ore, e o Senhor vai lhe mostrar as intenções do coração de seus pais. Se o seu pai trabalhava todos os dias e voltava para casa somente para beber uma cerveja na frente da televisão, você pode agradecer a ele por ter sido persistente e provido o sustento da família. Deus o ajudará a enxergar as qualidades piedosas em seu pai, se você lhe pedir que ele as revele.
              

     4. Faça uma lista de experiências significativas (ou talvez cômicas) que você   compartilhou com seus pais. Cada família teve experiências de valor. Talvez vocês tenham feito uma viagem de acampamento juntos e a barraca desabou no
    meio da noite. Ou quem sabe sua mãe ou seu pai fizeram algum ato que salvou a sua vida. O propósito aqui é abençoar seus pais pela participação deles na sua vida.


                5. Use suas listas para criar um tributo, agradecendo pela vida de seus pais e declarando as coisas boas que eles fizeram e o impacto significativo que tiveram sobre a sua vida. Depois que tiver escrito o rascunho da carta de bênção, sugiro que
    tome mais algum tempo para editá-lo. Não se preocupe muito com a gramática. Escreva-o de uma forma que seja parecida com você.


                6. Personalize o tributo. Faça com que ele reflita sua personalidade e então decida como gostaria que fosse sua apresentação permanente (ou seja, caligrafia em pergaminho, impresso e emoldurado, esculpido em madeira, etc.). A questão neste passo é formalizar seu tributo em um registro permanente que possa ser apresentado ou colocado em um lugar de destaque. Sugiro que você gaste algum dinheiro e faça dele uma bela expressão de sua honra por seus pais.


                7. Escolha um dia que seja especial para você e seus pais e leia publicamente seu tributo a eles. Você pode escolher um aniversário, bodas, Dia das Mães ou Dia dos Pais ou qualquer outro dia significativo para eles. Não precisa ser um feriado. Pode ser simplesmente um dia em que você e eles estejam disponíveis. Você também pode decidir se prefere fazer um tributo a cada um deles no mesmo dia ou em momentos diferentes.
                No final dos anos 1990, minha esposa e eu buscamos o Senhor em oração para ver quando poderíamos abençoar publicamente minha mãe e meu pai. Eu senti que o Senhor gostaria que eu fizesse uma proclamação pública de bênção sobre ambos na nossa conferência anual do Family Foundations International daquele ano. Durante uma das sessões da conferência, eu li cada tributo, agradecendo aos dois por tudo o que haviam derramado sobre a minha vida. Em seguida, orei por eles e abençoei-os publicamente. Eu vou incluir partes da bênção que escrevi e apresentei à minha mãe para dar um exemplo de como pode ser um tributo.

    Um tribulo para minha mãe, Vonnie Hill

    Quando ela viu o filho voar da janela do segundo andar num paraquedas, a mãe rapidamente se desculpou, desligou o telefone e correu para fora a fim de ver o que acontecera com ele. Depois de encontrá-lo ainda inteiro (o único ferimento era um braço quebrado), ela, a pedido do filho, correu para resgatar o paraquedas novo da árvore na qual estava enredado. Muitas mães estariam tão abaladas com tal experiência que teriam ficado iradas com o filho por tamanha insensatez e felizes que o paraquedas estivesse destruído pelo vento. Assim, não haveria mais risco de confusão.

    Mãe, obrigado por ter-se preocupado mais comigo como pessoa e com as coisas que eram importantes para mim do que com seu próprio medo, desconforto e inconveniência. Quando me tornei pai, descobri que é muito difícil oferecer à criança oportunidades para ela aprender a amadurecer com os devidos limites para mantê-la segura e salva do perigo. Você sempre fez um trabalho de perita, especialista, ao mostrar amor, estar preocupada, estabelecendo limites, mas não controlando, limitando ou sufocando. Obrigado por não ter eliminado as oportunidades quando eu cometia erros.

    Muitos indivíduos que eu conheço têm uma mãe egoísta, controladora, superprotetora, aos olhos de quem eles nunca conseguem fazer nada certo. Eu agradeço a Deus que eu tive você como mãe. Eu sempre senti, durante toda a minha vida, que estava mais preocupada comigo do que com a maneira como eu a afetava.

    Muitos desejariam ter uma mãe cristã, temente a Deus, que pudesse consultar, admirar e de quem pudessem sentir orgulho. A minha mãe é assim.

    Muitos desejariam que sua mãe ouvisse o seu ponto de vista. Minha mãe faz isso.

     Muitos desejariam que sua mãe lhes tivesse falado sobre Deus na infância e na adolescência. A minha mãe fez isso.

    Muitos desejariam que sua mãe orasse regularmente por eles. Minha mãe fez isso.
    Obrigado, mãe, por orar por mim e pela minha família todos os dias. Obrigado por ter-me deixado participar de todas as atividades das quais participei na adolescência sem me limitar por causa do medo. Ainda que você e o papai não tivessem muita instrução bíblica no início da vida adulta, vocês sempre levaram uma vida piedosa e coerente. Obrigado por suas palavras e conversas sempre terem sido puras e corretas. Você tem sido um modelo maravilhoso da mulher virtuosa sobre a qual lemos em Provérbios 31. Eu a amo! Obrigado, mãe, por me amar e ser minha mãe. Eu me orgulho muito de você como minha mãe. Deus fez de mim um homem abençoado.

    Sua carta deve refletir o que você sente pelos seus pais, sua personalidade e seu estilo de escrita. Não é tão importante a maneira como você expressa a sua bênção, mas que você faça isso. Não tente buscar a perfeição; simplesmente escreva seu tribulo e deixe que ele seja uma verdadeira expressão do seu coração.

    Algumas pessoas se preocupam porque acham que os pais jamais permitiriam que elas lessem uma carta dessas publicamente. Encorajo essas pessoas a orar e a clamar pelo favor de Deus e pelo momento certo de conversar com o pai ou a mãe sobre a possibilidade de abençoá-los. A maioria fica surpresa com a abertura que experimentam quando oram antecipadamente e aguarda, o favor de Deus.

     ORAÇÕES CORRETIVAS PARA QUEBRAR A MALDIÇÃO

    Se você amaldiçoou seus pais na velhice


    1.   Arrependa-se diante do Senhor por ter sido um agente do diabo em vez de ser um agente de Deus na vida dos seus pais.

                   Você talvez deseje orar assim:

         Pai, eu reconheço hoje que fui um agente do diabo ao enviar a mensagem de Satanás aos meus pais em sua velhice. Senhor, eu pronunciei palavras de morte em lugar de palavras de vida sobre meu pai/minha mãe. Hoje, renuncio ao pecado de amaldiçoar a identidade de meus pais e não lhes conceder o lugar de honra e respeito no meu coração. Eu me arrependo da desonra que havia em meu coração e peço-te que me perdoes, pelo sangue de Jesus Cristo. Pai, eu oro para que cures meu pai/minha mãe do mal que lhe fiz pela minha atitude e por minhas palavras de desonra e maldição à sua identidade. Agora, peço que abençoes meu pai/minha mãe em sua velhice. Senhor, peço-te que me concedas favor diante do meu pai/da minha mãe para encontrar um momento apropriado de confessar minha atitude errada, pedir perdão, abençoar e honrar meu pai/minha mãe. Amém.


    2.         Encontre-se com seu pai e/ou sua mãe, reconheça sua falta de bênção e peça perdão.

                Quando se encontrar com seus pais, é importante que use suas próprias palavras e fale do fundo de seu coração. Você pode dizer algo assim: "Pai/mãe, eu compreendi que minha atitude com relação a você foi desrespeitosa, crítica e ingrata. Agora entendi que isso estava errado e que pequei contra você por meio da minha atitude e das minhas ações. Será que você pode me perdoar de coração?
    [Espere uma reposta]. Agora quero lhe agradecer tudo o que fez por mim durante toda a minha vida e compartilhar alguns pensamentos que escrevi quando estava me preparando para este momento".

    3.         Na mesma reunião, depois de pedir perdão, passe para o momento de bênção.
                Leia sua carta de tributo e abençoe seu pai e/ou sua mãe.


    Se os seus pais o ofenderam ou o maltrataram, e você está resistindo a abençoá-los.

     

    1.          Eu o encorajo a fazer uma oração de perdão e cura semelhante a esta:


        Pai, meu pai/minha mãe me tratou mal e me feriu profundamente. Eu compreendo hoje que me protegi de maiores feridas ao criar uma barreira de proteção em meu coração formada por ressentimento, amargura e culpa contra meu pai/minha mãe. Senhor, eu confiei em minha própria barreira de proteção em vez de confiar em teu sangue. Pai, hoje eu quero derrubar essa barreira de ressentimento, amargura e culpa. Eu me arrependo de ter confiado na minha própria muralha de ressentimento para proteger-me, e hoje te peço que me perdoes.
        Eu reconheço que meu pai/minha mãe não pode pagar pela maneira como me machucou e maltratou. Mas, Jesus, tu já pagaste por todos os pecados de meu pai/mãe contra mim. Eu declaro hoje que teu sangue é suficiente para cancelar a divida em meu coração contra meu pai/minha mãe. Hoje, eu aceito teu sangue como pagamento total pelos pecados de meu pai/minha mãe contra mim. Porque tu já os pagaste, eu declaro hoje que meu pai/minha mãe não precisa mais pagar por isso. Por causa do teu sangue, eu perdoo a meu pai/minha mãe. Agora deposito minha confiança em ti e creio que tu me protegerás e me guardarás no futuro.
        Eu também entendi que escolhi desonrar meu pai/minha mãe em meu coração pelo que ele/ela fez e pela maneira como eu e outros da minha família fomos tratados. Senhor, reconheço que eu pequei ao desonrar meu pai/minha mãe. Hoje, eu me arrependo dessa desonra em meu coração. Peço-te que me perdoes. Como já perdoei a meu pai/minha mãe pelo que ele/ela fez, escolho hoje conceder-lhe um lugar de honra e respeito em meu coração. Eu escolho honrar e abençoar meu
    pai/minha mãe.

    Senhor, peço-te que agora me concedas o favor diante de meu pai/minha mãe para encontrar um momento apropriado de confessar minha atitude errada, pedir perdão, abençoar e honrar meu pai/minha mãe. Amém.


        2.    Agora, sugiro que você siga os passos citados anteriormente e
    planeje um momento para encontrar-se com seus pais.

     

        Talvez você queira participar de um seminário Abençoando Gerações para ser curado e receber de seu Pai celestial a bênção que você não recebeu de seu pai ou de sua mãe.


        Se a sua mãe ou seu pai já faleceu e você não os abençoou em
    vida, não poderá abençoá-los mais agora.


        Entretanto, quero animá-lo a dizer ao Senhor as coisas que gostaria de ter dito a seus pais. Não fale diretamente a eles, pois a Bíblia nos proíbe de conversar com os mortos e chama isso de 'consultar os mortos" (Deuteronômio 18.11). Mas você pode esvaziar seu coração das coisas que gostaria de ter dito, falando-as diretamente ao Senhor. Então, talvez você queira orar da seguinte maneira:


        Pai, eu não aproveitei a oportunidade de abençoar meu pai/minha mãe e compartilhar meu tributo enquanto ele/ela vivia. Senhor, eu reconheço que não posso pagar por esse erro e peço-te que me perdoes pelo sangue de Jesus Cristo que foi derramado por todos os meus pecados, erros e falhas. Eu recebo teu perdão e hoje perdoo a mim mesmo por não ter aproveitado a oportunidade de abençoar meu pai/minha mãe em vida. Senhor, eu gostaria de ter dito a meu pai/ minha mãe essas coisas: [esse é o momento de derramar seu coração diante
    do Senhor com relação à bênção não pronunciada aos seus pais).

    Deus Pai, eu reconheço que não posso continuar preso a meu pai/à minha mãe em meu coração. Eu sempre os amarei e estimarei as lembranças que tenho. Obrigado, Senhor, pelo tempo que tive com meu pai/ minha mãe. Eu reconheço hoje que ele/ela realmente pertence a ti, não a mim. Portanto, eu escolho hoje soltar meu pai/ minha mãe e entregá-lo em tuas mãos em nome de Jesus. Amém.

     ORAÇÕES PREVENTIVAS PARA LIBERAR A BÊNÇÃO

         Crie uma cultura de bênção na sua família, organizando um tempo para fazer uma declaração pública de bênção para seu pai e sua mãe se eles ainda estão vivos. Faça isso seguindo os passos de ação anteriores.


        Depois de apresentar o seu tributo, talvez você queira proclamar uma bênção semelhante à que segue abaixo. Extraída do livro The Family Blessing Guidebook [Guia da bênção familiar), de Terry e Melissa Bone, ela foi escrita por filhos adultos e proferida sobre seus pais cristãos na velhice. Você pode adaptar a linguagem para que combine com sua situação específica.

         Queremos aproveitar essa oportunidade para honrá-los e abençoá-los por seu caráter e por suas obras virtuosas em toda a sua vida.

        Nós os honramos pelos anos de serviço abnegado e desprendido que gastaram para educar seus filhos, por ter provido nossas necessidades materiais, emocionais e espirituais.

        Nós os honramos por ter colocado nossas necessidades acima das suas e pelos sacrifícios que fizeram por nossa causa.

        Nós honramos o compromisso de vocês de seguir o Senhor Jesus e os abençoamos por transmitir seus valores espirituais a nós.

        Nós os honramos por serem modelos cristãos a ser seguidos. Somos abençoados e inspirados pela sua integridade.

        Nós lhes agradecemos por suas muitas orações que nos guardaram de problemas invisíveis.
        Nós lhes agradecemos por ter-nos transmitido sua sabedoria e
    nos ensinado lições de vida valiosas.

        Nós lhes agradecemos por estar à nossa disposição nas seguintes situações: (neste ponto da bênção, podem ser compartilhadas algumas breves histórias).

        Para os anos que Deus ainda lhes conceder aqui na terra:

        Que nunca estejam sem a presença do Espírito Santo,

        Que o coração de vocês sempre esteja em paz,

        Que a mente de vocês sempre esteja atenta e em constante aprendizado,

        Que as suas forças correspondam à longevidade de seus dias,

        Que Deus os mantenha no amor divino todos os dias.

        Nós abençoamos suas lembranças e que se recordem da bondade de Deus e dos tempos maravilhosos que tiveram com a família e com os amigos.

        Nós abençoamos sua vida espiritual, que possam continuar a adorar a Deus em espírito e em verdade.

    Nós nos comprometemos a caminhar com vocês pelo resto de sua jornada na terra.

    Durante os anos de pôr do sol de sua vida, ao não terem mais a capacidade de cuidar de si mesmos, queremos estar mais disponíveis para ajudar a cuidar de suas necessidades...

    Ou se separados pela distância... visitá-los quando possível e orar por vocês quando não pudermos estar perto.

    Ao contemplar seus filhos hoje, vocês também estão contemplando o início de um legado que durará por muitas gerações.

    Nós nos comprometemos a levar adiante o seu legado e transmitir nossa herança espiritual para nossos filhos e netos.

     

        O Senhor te abençoe e te guarde;

        O Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;

            O Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz.


                                                                                                   Números 6.24-26



    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ...

    AGENDA PIBPBA

    CÉLULAS
    Quarta e Sábado

    AVIVA ALFA
    Sexta-feira | 19h

    AVIVA
    Sábado | 19h

    CULTO DE CELEBRAÇÃO
    Domingo | 9h, 17h e 19h

    ...

    #PIBPBA

    WhatsApp (67) 9992-8000
    Fixo: (67) 3668-3036

    Rua Wladislau Garcia Gomes, 1390, Centro,
    79500-000, Paranaíba/MS.

    primeiraigrejab@gmail.com

    ...

    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *