• O amor mora aqui!

    ABENÇOANDO SEU FILHO NA PUBERDADE - É benção ser família


     

     

     

     

    CAIXA DE BÊNÇÃO

    Como nos capítulos anteriores, quero compartilhar algumas orações específicas que você pode usar e pronunciar sobre seus filhos no tempo da puberdade. Começaremos pelas orações corretivas que você pode fazer caso não tenha abençoado seus filhos na puberdade e agora eles já tenham passado dessa fase. Depois, veremos, com alguns detalhes, como pode abençoá-los na puberdade. 

    ORAÇÕES CORRETIVAS PARA QUEBRAR A MALDIÇÃO

    Se você perdeu a oportunidade de abençoar seu filho na puberdade, e agora ele já é mais velho, planeje realizar uma cerimônia para liberá-lo para a vida adulta.

    É importante compreender que o coração de seu filho ainda anseia por receber a bênção de um pai que corte o cordão umbilical espiritual e emocional que o prende à sua mãe, liberando-o para a identidade da vida adulta.

    Não importa que idade ele tenha. Você se lembra de Luís, cuja vida foi transformada quando ele recebeu a bênção de seu pai aos 65 anos de idade? Quero encorajá-lo a realizar uma cerimónia de bênção e celebração. Se o seu filho já é adulto, você pode deixar de incluir alguns componentes que esboçarei na seção seguinte, tal como o tempo de instrução. Não há problema em adaptar isso para sua família. O mais importante é que você realize a cerimónia da bênção e celebração.

    Se você amaldiçoou seu filho na puberdade, em vez de abençoá-lo, arrependa-se de ter sido um agente de Satanás para transmitir sua mensagem à vida de seu filho.

    Então, planeje realizar uma cerimónia de bênção e celebração a fim de liberar seu filho para a vida adulta. Você pode usar a oração abaixo para pedir o perdão de Deus por ter amaldiçoado sua descendência.

    Pai, nós reconhecemos hoje que durante, o tempo de adolescência de [nome de seu filho], fomos usados pelo inimigo para amaldiçoar sua identidade e negar seu valor. Essa não foi a tua mensagem. Hoje, renunciamos à mensagem transmitida naquele tempo por meio de nossas palavras, atitudes e ações. Pai, perdoa-nos, pelo sangue de Jesus, por não termos comunicado a tua mensagem ao nosso filho. Perdoa-nos por não termos feito uma cerimónia apropriada para liberá-lo para a vida adulta. Agora, nós rompemos o poder de qualquer maldição que tenhamos passado para a vida adulta de [nome de seu filho]. Senhor, pedimos que fales ao espírito de [nome de seu filho) a verdade de quem ele é como homem (ou mulher). Nós declaramos que [nome de seu filho] já não é uma criança pequena - não é o menininho (ou a menininha) da mãe - mas um homem (ou uma mulher).

          PASSOS PRÁTICOS E ORAÇÕES PREVENTIVAS PARA LIBERAR A BÊNÇÃO


    O restante da Caixa de Bênção explicará como abençoar seu filho no período da puberdade. Eu mencionei anteriormente que três componentes essenciais deveriam ser incluídos no ato da bênção de um filho na puberdade, com a finalidade de liberá-lo para a identidade adulta. Para maior descrição de cada componente, veja meu livro: Bar Barakah: guia dos pais para um Bar Mitzvah cristão.

    INSTRUÇÃO

    A cerimônia de bênção no tempo da puberdade, tanto para o rapaz quanto para a menina, deve incluir um momento de preparação e instrução liderado pelos pais. Esse momento de instrução é tão importante quanto a própria cerimônia. Infelizmente, como muitos de nós não recebemos esse tipo de ensinamento de nossos pais, às vezes é difícil saber o que dizer aos nossos filhos nessa hora. Desse modo, seria útil consultar seu pastor como você faria se o seu filho estivesse prestes a casar-se.

    Entretanto, como já mencionei, a responsabilidade de instruir seus filhos é sua, não do pastor. Deixe que ele lhe dê algumas orientações, mas não lance essa responsabilidade sobre ele. O pastor ou o líder de jovens não estará diante de Deus para prestar contas da instrução dada a seus filhos; você, sim.

    Eu creio que o pai deve iniciar e supervisionar as instruções, mas ambos, pai e mãe, devem participar, se for possível. Deus criou uma janela de oportunidade maravilhosa para esse momento: o ano ou os dois anos que precedem o início da adolescência. Na idade de mais ou menos 11 ou 12 anos, a maioria das crianças está igualmente preparada por Deus para receber dos pais as instruções quanto à vida adulta. Nesse período da vida, o coração dos filhos ainda tende a estar bastante aberto para os pais, já que ainda não foi consumido por tantas atividades extracurriculares. A maioria dos filhos ainda gosta de desfrutar um tempo com os pais nessa idade.

    Embora a informação e o ensino sejam importantes, esses momentos de instrução devem estar mais focados em edificar relacionamentos e mentoreamento do que em apenas compartilhar conteúdo. Esse tempo de instrução tem o objetivo de preparar a criança para:

    1.          estabelecer uma noção firme de identidade adulta;

    2.          desenvolver um sentimento claro de destino e propósito, incluindo uma declaração de missão pessoal inicial;

    3.          ser emocionalmente liberado para a fase adulta durante a cerimônia de bênção;

    4.          assumir a responsabilidade de adulto pela própria saúde espiritual a partir do momento da cerimônia;

    5.          caminhar na pureza emocional e sexual todos os dias de sua vida.

        Falaremos agora a respeito de como os pais podem conduzir o momento de instrução com o filho. Uma das responsabilidades determinantes dos pais é dar as informações sobre o sexo apropriadas à idade. Mesmo que haja muitos outros tópicos importantes a serem discutidos com seus filhos quando eles chegam à puberdade, as discussões a respeito de sexo e mudanças físicas são particularmente importantes - e costumam ser as mais constrangedoras. Será útil relembrar que essas discussões devem ocorrer durante os anos de crescimento da criança, não apenas uma vez.

          Eu creio que a intenção de Deus seja que o pai constitua a principal fonte de informações sexuais para ambos, filho e filha, Eles não devem adquirir informações sexuais distorcidas de colegas, outros adultos, videogames, websites ou filmes. Mesmo que seja importante que ambos os pais participem da educação sexual dos filhos, é especialmente importante que, no preparo para liberá-los para a identidade adulta, o pai tenha diversas conversas francas sobre esse tópico.

    Quando se trata de falar com as filhas sobre sexo, muitos pais - por insegurança e vergonha — delegam essa tarefa à mãe. Isso não é saudável. Como já mencionei, o modo como o pai se relaciona com a filha nesse período crítico da vida a prepara espiritualmente e emocionalmente para um relacionamento com seu futuro marido. Se o pai dela considera sua sexualidade e feminilidade como vergonhoso e embaraçoso, a filha tende a esperar o mesmo do futuro esposo. Por isso, é tão importante que o pai se envolva e converse com a filha a respeito de sua crescente sexualidade.

    Ao falar sobre sexo com o filho que atinge a puberdade, o pai pode dizer algo assim: "Filho, daqui a alguns meses ou um ano, você vai observar mudanças físicas, emocionais e intelectuais na  sua vida. Você vai se pegar tendo pensamentos que nunca teve  antes. Você vai sentir emoções que nunca sentiu antes. Seus pelos vão crescer em partes do seu corpo nas quais você nunca teve pelos antes".

    "Filho, dentro em pouco, você vai começar a se preocupar profundamente com sua aparência diante dos outros, especialmente diante das meninas. Eu sei que isso pode não fazer sentido para você agora, mas eu gostaria que se lembrasse do que estou lhe falando no futuro. Você vai ter vontade de passar mais tempo com as meninas  e vai experimentar sentimentos de atração sexual por elas. Filho, eu gostaria que soubesse que essas mudanças são de Deus, não do diabo. Deus é aquele que nos criou como seres sexuais, e a atração sexual em si não é suja nem impura. Ela é boa, certa e pura."

    “Deus criou você para ser sexualmente atraente às mulheres. Todavia, filho, há uma diferença entre atração sexual e lascívia. Se você não aprender a lidar com os pensamentos sexuais de forma apropriada, eles vão se transformar em lascívia, que não é de Deus e vai destruir a sua vida. Eu sei do que estou falando, filho, porque eu também tive de lidar com esses mesmos pensamentos e sentimentos. Eu gostaria de ensiná-lo a falar com Jesus Cristo e entregar a ele esses pensamentos e sentimentos. Filho, quando você começar a se sentir assim, quero que venha conversar comigo, porque eu posso ajudá-lo a lidar apropriadamente com tudo isso. Combinado? Eu quero caminhar com você durante esse período da sua vida."

    O pai deve ser capaz de falar com sua filha de forma semelhante: "Querida, você está crescendo e, daqui a alguns meses ou um ano, vai experimentar muitas mudanças na sua vida. Você vai ter pensamentos que nunca teve antes e experimentar algumas emoções que nunca sentiu no passado. Terá sentimentos de atração sexual pelos rapazes. Isso não é errado nem ruim. É algo natural, planejado por Deus. A relação sexual não é algo sujo, impuro ou corrupto. Todavia, se você não aprender a entregar seus pensamentos sexuais e suas emoções a Jesus, Satanás vai tentar transformar essa atração dada por Deus em lascívia. A lascívia é algo impuro e muito destrutivo".


    "À medida que você for crescendo, porque Deus a fez muito bonita, encontrará muitos jovens que se aproximarão de você de forma sexual, porque serão motivados pela lascívia. Talvez você sinta que deve se proteger continuamente deles. Mas Deus nunca quis que você tivesse de proteger o próprio coração da lascívia dos jovens. Deus me colocou na sua vida para ser o protetor de sua pureza emocional e sexual. Portanto, se encontrar um rapaz flertando com você ou expressando interesse em ter algo mais do que uma amizade, por favor, simplesmente lhe dê meu cartão de visitas e diga a ele para marcar um encontro comigo. Eu ficarei feliz em conhecê-lo para determinar se ele foi enviado por Deus como um possível parceiro para casar."

    "Querida, nos próximos meses, você também vai experimentar muitas mudanças no seu corpo. Você terá pelos em partes do seu corpo nas quais nunca teve antes. Um dia, você começará a ter um sangramento vaginal, a menstruar. Eu sei que, de alguma forma, falar sobre isso é constrangedor, mas eu queria que soubesse que se trata de algo completamente normal. Quando acontecer, eu não quero que fique com medo ou pense que vai morrer ou que está realmente doente. Isso é normal e foi planejado por Deus para toda menina ao tornar-se mulher. Esse sangramento faz parte de um ciclo normal da vida que limpa seu corpo e lhe dá a capacidade de ter filhos um dia. Você não precisa ficar assustada ou envergonhada. Quando esse ciclo começar no seu corpo, sua mãe e eu vamos querer comemorar com você, porque ele vai marcar a sua transição de menina para mulher."

    Se você tiver esse tipo de conversa franca e aberta com seus filhos, estará contribuindo para manter um relacionamento aberto com eles nos próximos anos. Isso possibilitará que continue abençoando e guiando seus filhos enquanto eles aprendem a caminhar na sua própria identidade e destino como adultos. Você pode ter a impressão de que estou descrevendo "a conversa" sobre sexo, mas essa não é minha intenção. A minha esperança é que, com o passar dos anos, você aproveite muitas oportunidades para ter conversas desse tipo com seus filhos.



    CERIMÔNIA

    O momento de instrução, que pode durar diversos meses até um ano, tem o objetivo de culminar na cerimônia de bênção com o propósito de liberar o filho ou a filha para a vida adulta. Essa cerimônia ajuda a criar um desfecho emocional para a infância. Como mencionei anteriormente, não se trata de algo pequeno e deve ser tratado como um evento muito importante. Na cultura judaica, essa cerimónia frequentemente é realizada com o mesmo valor de um casamento. Em seu livro Formando Cavaleiros para os Dias de Hoje, Robert Lewis descreve quatro componentes essenciais de uma cerimônia de bênção significativa.

    1.  Ela custa caro. Algo que não custa nada transmite pouco valor. O rei Davi queria edificar um altar para o Senhor no terreno de Araúna, o jebuseu. Araúna ofereceu o terreno ao rei, mas Davi disse a Araúna: “Não, mas eu to comprarei pelo devido preço, porque não oferecerei ao Senhor, meu Deus, holocaustos que não custem nada. Assim, Davi comprou a eira de Araúna e pelos bois pagou cinquenta siclos de prata" (2 Samuel 24.24). Davi compreendia que o preço financeiro transmite valor. Eu não estou sugerindo que você precisa gastar dezenas de milhares de reais na cerimônia da bênção, mas creio que a despesa deve ser significativa

           2. Ela atribui valor ao indivíduo. Ao fazer “um grande negócio" da cerimônia de bênção, você está dizendo ao seu filho: "Você é importante. Este momento é importante “

    3. Ela deve fazer uso de símbolos significativos. Deve haver uma lembrança tangível que seu filho possa guardar para marcar o bar barakah. Pode ser um anel ou medalhão, um artigo de roupa, um certificado ou outra lembrança  palpável. Alguns grupos primitivos de pessoas faziam marcas permanentes no corpo quando celebravam uma cerimônia significativa. Eu pessoalmente creio que muitas marcas de piercing no corpo dos jovens hoje se devem à falta da bênção do pai para liberá-los para a identidade adulta. Para muitos jovens, os piercings e as tatuagens no corpo são simplesmente uma expressão da necessidade legítima de uma lembrança especial e visível da vida adulta que nunca lhes foi dada apropriadamente pelo pai.

    4.  Ela outorga uma visão à vida. Uma cerimônia especial e inesquecível cria um momento de transição. Ela comunica, de forma poderosa e eficaz, a mensagem: "Sua vida nunca mais será a mesma. Você está entrando numa nova fase". Isso aconteceu com Jesus quando ele foi batizado no rio Jordão. Isso acontece com um menino judeu em sua cerimônia de bar mitzvah e acontece com todos os casais na cerimônia de casamento. Na cerimônia de bênção, queremos comunicar nossos filhos: "Sua vida será totalmente diferente de agora em diante. Você nunca mais será um menininho ou menininha”

                Uma tradição que se tornou popular em algumas congregações é o retiro de pai e filho em um lugar afastado durante o fim de semana. Ele tem o objetivo de liberar e dar as boas-vindas aos filhos na comunidade dos homens. Algumas Comunidades também incluem um “baile de princesas” como parte da cerimônia para liberar as meninas para a vida de mulher. Eu creio que eventos desse tipo são absolutamente valiosos, assim como é importante seguir a jornada para a vida na comunidade com outras pessoas. Também é importante espalhar a cultura da bênção além da própria família, para alcançar a comunidade dos cristãos.

                        Está além da abrangência deste

    livro entrar em mais detalhes a respeito da cerimônia em si. Se você quiser obter instruções mais específicas sobre como planejar uma cerimônia de bênção, poderá ler o livro Bar Barakah: guia dos país para um Bar Mitzvah cristão, de Craig Hill.

    Acredito que a cerimônia deve incluir compromissos por parte particularmente do filho bem como bênçãos dos pais, particularmente do pai. Apresentarei abaixo diversos modelos de compromissos e bênçãos que, na minha opinião, deveriam ser incluídos na cerimônia.

     Estes exemplos foram modificados a partir do conteúdo que minha esposa e eu usamos nas cerimônias de bênção dos nossos dois filhos, Josh e Jhonny. Esses compromissos podem ser adaptados para uso tanto para o filho quanto para a filha.

    EXEMPLOS DE COMPROMISSOS A SEREM FEITOS PELO FILHO

    1.    Eu consagro o resto da minha vida ao Senhor Jesus Cristo. Meu desejo é que ele faça de mim o homem/ a mulher que ele quer que eu seja.

    2.    Contando com a graça de Deus, eu me comprometo a viver de uma forma que lhe agrade, adotando a Bíblia como padrão absoluto para minha fé e conduta e como base para todas as decisões que tomarei na minha vida.

    3. Como jovem solteiro, eu me comprometo a relacionar-me com moças/rapazes de maneira pura e agradável a Deus. Eu escolho conduzir meus relacionamentos de acordo com os princípios de parceria cristã agradável a Deus em oposição ao namoro, (Vou falar sobre esse conceito detalhadamente no capítulo 9.)

     4. Ao ser liberado hoje como adulto, eu me comprometo a continuar a honrar a autoridade de meus pais e a vê-los como os principais instrumentos de Deus para o crescimento do caráter e o desenvolvimento da minha vida.

    5. Eu me comprometo a reconhecer que o dinheiro é um presente de Deus em lugar de algo que eu adquiro por merecimento. Como tal, eu me comprometo a administrar, de maneira temente a Deus, todos os recursos financeiros que ele possa decidir colocar à minha disposição. Eu renuncio especificamente ao espírito de Mamom e escolho fazer de Jesus Cristo a fonte de minha provisão financeira deste dia em diante.


    6. Eu escolho honrar toda autoridade legítima na minha vida. Eu me comprometo a honrar a autoridade de meus pais, professores, pastores e autoridades civis. Eu renuncio especificamente a atitudes ou estilos de vida de independência e rebelião e opto por viver como um homem/ uma mulher livre, permanecendo sob autoridade e exercendo autoridade.


    7. Minha passagem bíblica favorita até este momento da minha vida é ____________________________________________

     


    Exemplos de compromissos a serem feitos pelos pais


    1. Nós nos comprometemos a continuar a ensinar a você os princípios de vida de Deus.


     


    2. Nós nos comprometemos a continuar a amar você. Nada que vier a fazer nos levará a deixar de amá-lo. Você sempre será nosso filho.


    3. Nós nos comprometemos a fazer com que nossa prioridade seja estar disponível para aconselhá-lo em qualquer área de sua vida e a qualquer momento. Nós o ouviremos sem julgamento ou condenação e faremos tudo o que estiver ao nosso alcance papa cooperar com Deus em abençoar a sua vida.


    4.  Nós nos comprometemos a orar por você regularmente. Continuaremos a orar para que a vontade de Deus se realize em sua vida, e para que você cumpra seu destino em Cristo.


    5. Nós nos comprometemos a ser os seus parceiros de oração pelo momento certo de buscar o cônjuge escolhido por Deus para você. Nós concordamos em protegê-lo de qualquer pessoa que não seja enviada por Deus para ser sua esposa/seu marido.

    6. Nós nos comprometemos a continuar a honrá-lo com uma comunicação franca e compreensão. Com a graça de Deus, procuraremos separar sempre identidade de comportamento para honrá-lo como pessoa, mesmo quando seu comportamento exigir disciplina.


    7. Nós nos comprometemos a continuar a aplicar à sua vida uma disciplina que agrade a Deus e seja apropriada à sua idade, contando com a direção do Senhor, a fim de desenvolver seu caráter e sua educação para que você venha a cumprir seu destino enquanto permanecer em nosso lar.


    Exemplo de oração da bênção do pai



    Muitas pessoas me pedem um exemplo de oração que o pai deve pronunciar sobre o filho na cerimônia da bênção. É óbvio que não há uma oração padrão, pois cada pai deve orar de acordo com direção do Espírito Santo. Entretanto, a fim de dar-lhe alguma direção   eu incluí as seguintes diretrizes e um exemplo de oração de bênção. Um exemplo de oração a ser pronunciada sobre um jovem na cerimônia de bar/bat barakah deve incluir pelo menos os seguintes  componentes:


    l . a confirmação da identidade de gênero;


    2. a liberação para a vida adulta;


    3. a convocação de qualidades de caráter positivas;


    4. a proclamação das palavras proféticas que foram dadas ao filho ou à filha;


    5. o pronunciamento de bênçãos pessoais específicas do pai e da mãe do jovem.

     

    A bênção que o pai pronunciaria sobre o filho, Bob, poderia ser algo semelhante a isso:

    Deus Pai, eu te agradeço pelo meu filho Bob. Bob, você já não é um menininho. Você se tornou um homem. Você está capacitado em tudo aquilo que precisa para cumprir seu destino como um homem de Deus. Antes da fundação da terra, o Deus Todo-Poderoso planejou que você fosse um homem. Não há nada que precise fazer para tornar-se um homem porque Deus já o constituiu assim. Hoje, estamos apenas reconhecendo publicamente o que Deus fez em você.

    Também observe algumas qualidades específicas de caráter do filho:

    Bob, eu observei que Deus o criou como uma pessoa muito inteligente. Ele também lhe deu o dom de comunicação e a habilidade de fazer com que conceitos complicados se tornem simples para compreensão dos outros. Eu creio que o Senhor queira usá-lo poderosamente para ensinar sua Palavra aos outros. Você também é um pacificador.

     

    Eu observei que, quando seus amigos estão em desacordo, Deus lhe dá frequentemente  as palavras certas para ajudá-los a reconciliarem- se. Eu creio que Deus deseja usá-lo nessas áreas de reconciliação e ensino.

    Filho, eu estou muito contente por Deus tê-lo colocado na nossa família. Você é um filho maravilhoso. Eu o amo! Hoje me sinto tão orgulhoso de você. Eu o abençoo com a sabedoria de Deus, com segurança emocional, com pureza sexual e fidelidade matrimonial. Que Deus continue a deixá-lo prosperar em tudo o que fizer, e que você possa servir ao Senhor Jesus Cristo todos os dias de sua vida. Hoje eu deixo aquele menininho da mamãe ir embora e libero a você a autoridade e a responsabilidade de um adulto. Bob, hoje, diante de Deus e destas testemunhas, como seu pai, eu afirmo que você é um homem. Eu o amo, filho, e o libero para cumprir seu destino em Cristo.

    CELEBRAÇÃO


    Nenhuma cerimônia será completa se não for seguida de uma celebração. Esta celebração de bar/bat barakah pode ser muito parecida com a recepção de um casamento. Mais uma vez, vou dar algumas sugestões, mas você precisa planejar uma recepção para seu filho adequada à sua própria cultura. A maioria das pessoas não precisa de muitos esclarecimentos sobre como organizar uma festa.

     Eu creio que essa recepção deve acontecer no mesmo tipo de local de uma recepção de casamento. Você pode servir um jantar ou apenas iguarias leves. Em qualquer dos casos, você pode ter um bolo para honrar seu filho. É totalmente adequado que os convidados abençoem o jovem com presentes ou dinheiro (quem sabe pensando na sua educação futura ou nas viagens de missões). Quem sabe você queira também contratar uma banda de louvor e adoração que providencie a música.

    Depois de os convidados comerem e confraternizarem por certo tempo, dê oportunidade para que eles também abençoem seu filho Você pode dizer mais algumas palavras informais de bênção ou pedir que alguns indivíduos específicos compartilhem uma passagem das Escrituras Sagradas, uma palavra profética, uma oração, um poema, uma canção ou história a respeito do seu filho. É importante que tudo o que for compartilhado sirva para abençoar e edificar seu filho. Histórias ou palavras que tragam desconforto, constrangimento, menosprezo ou vergonha não são apropriadas.

    Lembre- se: tudo o que compartilhei nesta Caixa de Bênção é apenas  um modelo a partir do qual você pode desenvolver sua própria tradição de bênção na sua família e em sua comunidade. Não é tão importante a maneira como você o faz, mas a própria decisão de fazê- lo. Por isso, quero encorajá- lo a não gastar muito tempo tentando “acertar”. Pergunte a Deus como ele quer que você abençoe o seus filhos, e ele o guiará.

     


     

     



    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ...

    AGENDA PIBPBA

    CÉLULAS
    Quarta e Sábado

    AVIVA ALFA
    Sexta-feira | 19h

    AVIVA
    Sábado | 19h

    CULTO DE CELEBRAÇÃO
    Domingo | 9h, 17h e 19h

    ...

    #PIBPBA

    WhatsApp (67) 9992-8000
    Fixo: (67) 3668-3036

    Rua Wladislau Garcia Gomes, 1390, Centro,
    79500-000, Paranaíba/MS.

    primeiraigrejab@gmail.com

    ...

    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *